Os cartões e dados biométricos são hoje massivamente usados como métodos para identificação e autenticação de pessoas em inúmeros sistemas nos diferentes sectores.

Os vários métodos de autenticação variam no princípio usado para a identificação de uma pessoa, agrupando-se em 3 grandes grupos:

A pessoa tem!
Elemento físico fornecido à pessoa que permite que a mesma se identifique perante um determinado sistema. Normalmente em formato cartão ou tag. Os cartões comparam-se às chaves tradicionais, são transmissíveis, logo não garantem que a pessoa a quem a autorização é concedida, seja aquela a quem o cartão foi entregue.
A pessoa sabe!
Dado privado, normalmente definido pela própria pessoa, do qual só ela tem conhecimento. Normalmente em formato de password ou PIN, sem a existência de qualquer suporte físico, permite obter um nível segurança superior. Neste caso, existe igualmente a possibilidade de transmissão do dado privado para outra pessoa, comprometendo a autenticação.
A pessoa é!
Características únicas que permitem identificar univocamente a pessoa, através dos seus dados biométricos: impressão digital, reconhecimento facial ou voz.

A selecção do método de autenticação a utilizar num determinado sistema deve ter em conta os seguintes factores:

  • Nível de segurança exigido;
  • Riscos e impacto de transmissão;
  • Necessidades e restrições operacionais;
  • Custo da tecnologia a implementar.

As soluções de controlo de acessos e assiduidade da EGAPI suportam os vários métodos de autenticação acima descritos, nomeadamente cartões, biometria e PIN’s. Suportam de igual forma protocolos de validação compostos, que se adequam às políticas de segurança e processos operacionais, tais como: Cartão + PIN, Cartão + Biometria, Biometria + PIN e Cartão + Biometria + PIN. Este último caso, é o mais extremo onde é validado que a pessoa tem, a pessoa é, e sabe.

Na validação da "pessoa é", podem ser implementados mecanismos anti-fraude, como por exemplo, validação de dedos vivos.

Nas soluções EGAPI o método de autenticação da pessoa pode variar consoante:

  • Grupo de utilizadores ao qual pertence;
  • Operação ou área de acesso;
  • Horário para acesso;
  • Nível de segurança em que a instalação se encontre a cada instante.

Esta maleabilidade das soluções permite implementar para cada caso o método de autenticação que vá de encontro às políticas e procedimentos de segurança, com garantia de desempenho e escalabilidade.

Saiba mais sobre os nossos produtos
  • ID-System

    ID-System é uma plataforma de segurança e controlo que articula e suporta a operação, fornecendo um controlo efectivo e on-time nas várias áreas organizacionais.

    Saber mais
  • Cartão Único Portuário

    Cartão Único Portuário é uma plataforma electrónica comum para centralização e agilização dos processos de pedidos de acesso às instalações portuárias e respectivas autorizações.

    Saber mais
Consulte as nossas soluções

© EGAPI, 1990-2021, todos os direitos reservados